BMW testa carro movido a célula de hidrogênio

Motorização pode ser alternativa a elétricos

O BMW i Hydrogen NEXT, que tem um sistema de propulsão alimentado por células de combustível de hidrogênio, já começou a ser testado em ruas e estradas europeias, onde a marca busca simular todos os desafios que o modelo terá no dia a dia. A novidade, que não solta nenhum gás nocivo ao meio ambiente, tem motorização de 374 cv.

O conceito é um carro puramente elétrico, que utiliza o hidrogênio como combustível primário, que é convertido em energia elétrica dentro de uma célula de combustível. Segundo a marca, essa tecnologia tem potencial de longo para servir de complemento aos motores de combustão interna, sistemas híbridos plug-in e veículos elétricos a bateria. Desta forma, será uma boa alternativa para clientes que não têm acesso à infraestrutura de carregamento de baterias de carros eletrificados, ou para pessoas que dirigem longas distâncias.

Uma das vantagens para os automóveis movidos a energia elétrica é que o i Hydrogen NEXT pode ser abastecido entre três e quatro minutos e a vantagem diante dos carros a combustão é que este solta vapor d’água pelo escapamento e não CO2, que é nocivo para o meio ambiente.

O protótipo também vem equipado com a tecnologia BMW eDrive de quinta geração, que está presente nos novos iX3, iX e i4. Por conta disso, o carro entrega uma potência de 374 cv, o que é mais potente do que os motores a gasolina de seis cilindros que equipam a linha de modelos da marca. A marca não informou qual é a autonomia do veículo.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Baiano Fe Lira lança álbum autoral

Disco é inspirado em experiências pessoais do cantor e compositor e chega às plataformas digitais próximo dia 6 de agosto

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!