Caixa que cabe 2, cabe mais!

[Caixa que cabe 2, cabe mais!]

FOTO: Charge Google Livre

No pandemônio da pandemia, o Carvalhinho aqui, teve a oportunidade de ler (em off do off do off) um belíssimo documento que afirma estar em curso uma averiguação de movimentação bancária de advogados, profissionais liberais, prestadores de serviço e fornecedores suspeitos de “ceder notas fiscais”. Não sabe como é? O Carvalho ensina: O meliante 1 (no caso, quem quer dar golpes no fisco e em outros) vai até o meliante 2 (advogado, profissional liberal, prestador de serviço ou fornecedor) e pede a eles “notas” de “serviços”, digamos de R$500 mil reais. O meliante 2 prepara o contrato de prestação de serviços afirmando que fez sim, um trabalho para o meliante 1 neste valor. O meliante1 deposita 500 “mérreis” na conta de algum dos meliantes 2 e estes, que não prestaram serviço algum, fica com R$ 100 mil (e pagam, OU NÃO o imposto) e devolvem os R$ 400 mil e poucos que restam para o meliante 1! Sabe como chama isso? Esquentar dinheiro e... fazer CAIXA 2! 
Sim, mas porque o Carvalho está aqui no meio da pandemia do pandemônio falando isso para o povo da Bahia? Hummm... Vamos adivinhar! 

Opção 1
( ) O Carvalho está com “doidonavírus” e surtou.
Opção 2
( ) O Carvalho está “nude, bege e offwhite” com o “Coronajato” porque ele vai chegar na Bahia. (Em breve, aqui!)
Opção 3
(x) Tem advogados, profissionais liberais, prestadores de serviço "and" fornecedores baianos na lista com nomes, sobrenomes e também, os nomes de vários “meliantes 1”.

Acho que em breve, vai ter gente com saudades de ficar “isolado” por causa do corona. O “isolamento” pode passar a ser em local não tão confortável...
 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Câmara da Moda Italiana anuncia programação da temporada digital de Milão com 39 eventos]

Esta será uma temporada híbrida, com coleções masculinas e pré-coleções femininas para a primavera - verão de 2021

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!