Com chance de terminar rodada no G-4, Bahia recebe o turbulento Corinthians em Pituaçu

Tricolor vive boa fase no Brasileiro e quer emplacar segundo triunfo consecutivo sobre Timão, que está em crise

[Com chance de terminar rodada no G-4, Bahia recebe o turbulento Corinthians em Pituaçu]

FOTO: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia

Ao contrário do ano passado, o Bahia começou o Brasileirão empolgando o torcedor. Em quatro jogos disputados, venceu dois, empatou um e perdeu outro. Desempenho que já faz o Tricolor sonhar com vaga no G-4. Para que esse sonho permaneça vivo, o time precisa embalar uma sequência de triunfos, como a que vai tentar neste domingo (20), às 16h, contra o Corinthians, no estádio de Pituaçu.

Atualmente na sétima posição, o Bahia pode até entrar no G-4 caso vença, mas para isso terá que torcer contra concorrentes diretos que ocupam posições a frente do Tricolor, e também os times que já ocupam o grupo dos quatro primeiros.

Com pouco tempo de preparação desde que voltou de Fortaleza após vencer o Ceará de virada no Castelão, o Tricolor baiano quer mais uma vez se impor em casa no Brasileiro. Na primeira rodada, o time venceu o Santos por 3 a 0 jogando em casa, mas também foi derrotado pelo Internacional por 1 a 0.

Assim como foi no duelo contra o Internacional, o Bahia receberá uma equipe pressionada. O Corinthians até o momento não empolgou com o novo comandante Sylvinho, e vem de eliminação na Copa do Brasil para Atlético-GO, além de derrota de virada, na última rodada, para o Red Bull Bragantino, em casa.

Para superar o Timão, o Tricolor tem do lado um longo tabu para defender. O time baiano não perde para o Corinthians em Salvador desde 2014. Melhor ainda, venceu todos os últimos confrontos jogados contra os paulistas. O último confronto, disputado este ano, pela edição do Brasileiro de 2020, o Bahia venceu o Corinthians por 2 a 1, na Fonte Nova. O resultado ajudou na arrancada tricolor contra o rebaixamento.

Titulares voltam à campo

No confronto deste domingo, o Bahia terá a volta de jogadores importantes. Mesmo depois de terem sido elogiados por Dado Cavalcanti após o jogo contra o Ceará, o meia-atacante Thonny Anderson e o volante Jonas retornam para o banco de reservas e cedem lugar para Rodriguinho e Patrick, respectivamente. Poupados pelo desgaste físico apresentado, a dupla volta a recuperar a titularidade.

Quem também foi preservado no Castelão e teve a ausência sentida no confronto foi o zagueiro argentino Germán Conti, que volta a posição original, ocupada anteriormente por Luiz Otávio contra o Vozão. Quem segue de fora da equipe ainda é o lateral-direito Nino Paraíba. Sem ter conseguido um efeito suspensivo, o jogador vai cumprir o último dos sete confrontos de suspensão que recebeu do STJD pela briga na final da Copa do Nordeste.

O provável Bahia que vai à campo na partida de logo mais deve ser:

Matheus Teixeira, Renan Guedes, Germán Conti, Juninho e Matheus Bahia; Patrick, Daniel e Thaciano; Rossi, Gilberto e Rodriguinho.

 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Baiano Fe Lira lança álbum autoral

Disco é inspirado em experiências pessoais do cantor e compositor e chega às plataformas digitais próximo dia 6 de agosto

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!