Dino poderá escolher 34 funcionários para gabinete no STF, caso seja aprovado pelo Senado

Ministro também poderá decidir manter a mesma equipe de Rosa Weber

[Dino poderá escolher 34 funcionários para gabinete no STF, caso seja aprovado pelo Senado ]

FOTO: Lula Marques/ Agência Brasil

Caso seja aprovado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado para tomar posse no Supremo Tribunal Federal (STF), Flavio Dino terá como o primeiro desafio escolher a equipe com quem vai trabalhar, ou manter os mesmos integrantes. Ao todo são 34 funcionários. 

Atualmente, os funcionários que auxiliavam Rosa Weber gerenciam os processos que estavam sob a relatoria dela. Se o ministro for aprovado pelos senadores, as ações ficarão sob a responsabilidade dele. O acervo deixado pela ministra é o menor entre os gabinetes do STF: segundo dados do tribunal, são 344 ações.

Embora o acervo que Dino herdará já esteja definido, o novo ministro poderá escolher qual gabinete quer ocupar. O primeiro gabinete era ocupado pelo ministro Luís Roberto Barroso, que deixou o local depois que assumiu a presidência do tribunal. O segundo era de Rosa Weber. No quarto andar, Dino teria como vizinho de porta o ministro Dias Toffoli. No andar de cima, os vizinhos seriam Nunes Marques e André Mendonça.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Oficina gratuita de Escrita Criativa segue com inscrições abertas até hoje (03)]

Com aulas presenciais entre os dias 11 e 14 de março, a atividade será ministrada pelo crítico de cinema Rafael Carvalho

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!