Em jogo sonolento, Bahia e Corinthians empatam sem gols pelo Brasileirão

Tricolor desperdiça oportunidade de entrar no G-4

[Em jogo sonolento, Bahia e Corinthians empatam sem gols pelo Brasileirão]

FOTO: Felipe Santana / EC Bahia

Em um daqueles jogos de dar sono, Bahia e Corinthians empataram sem gols, em confronto disputado na tarde deste domingo (20), no estádio de Pituaçu, em Salvador, válido pela 5ª rodada do Brasileirão. Com resultado, Tricolor subiu provisoriamente para a sexta colocação, com oito pontos somados, enquanto Timão é o décimo, com cinco pontos.

O que se viu em campo na primeira etapa foi um confronto de muita marcação, travado e de pouco futebol. Corinthians e Bahia demonstraram um defeito recorrente das partidas jogadas: a criação de jogadas, algo praticamente nulo dos dois lados. Os erros de passes também tornaram a partida feia. A passividade dos dois times quando tinham a posse de bola também chamava atenção negativamente. Seria injusto qualquer uma das equipes irem para o intervalo com resultado positivo.

A primeira e única chance clara de gol foi do Corinthians, aos 16 minutos. Mateus Vital avançou para dentro da área e chutou com perigo para o gol, a bola desviou e tocou na rede pelo lado de fora de Matheus Teixeira.

Chances de gols foram uma verdadeira raridade nos 45 minutos iniciais. Sem partirem para cima das defesas adversárias, os times trocavam passes sem qualquer objetividade, enquanto o relógio passava, e isso se prolongou até o apito final do árbitro.

Já no retorno para a segunda etapa, foi o Corinthians quem deu a primeira finalização. Antes de um minuto de jogo, Fágner arriscou de fora da área, e exigiu boa defesa de Matheus Teixeira, que desviou a bola para escanteio.

Aos 11 minutos, o Timão voltou a chegar com perigo. Fágner fez o cruzamento para área do Bahia e achou Ramiro livre de marcação, que cabeceou sozinho dentro da área, e apesar de ir em cima, exigiu grande defesa de Matheus Teixeira, que jogou a bola para escanteio.

A resposta do Bahia só veio acontecer aos 18 minutos. Rossi cobrou falta para área do Corinthians e achou Gilberto, que testou firme, buscando o ângulo de Cássio, mas a bola saiu pela linha de fundo, passando perto do gol.

O Bahia não marcou um gol, mas o lance que ocorreu aos 21 minutos foi para se comemorar da mesma forma. Após subida ao ataque, Fágner cruzou dentro da área Tricolor e a bola passou pela defesa Tricolor, e ia sobrar para Jô empurrar a bola para as redes na segunda trave, mas parou no carrinho providencial de Renan Guedes, que mandou a bola pela linha de fundo. Quase o Timão abria o placar.

Apesar das chances criadas pelos dois lados, pouco pôde se aproveitar de interessante no jogo. O Corinthians melhorou na segunda etapa e pisou mais na área do Bahia, mas nada que chamasse tanta atenção. Já o Tricolor que estava mal na etapa inicial, piorou na segunda, jogando praticamente todos os 45 minutos finais recuado e só ocasionalmente saindo em velocidade no contra-ataque.

Somente lá pros 44 minutos de jogo que o Bahia teve a oportunidade clara de vencer o jogo. Thonny Anderson recebeu passe dentro da área, dominou no peito e bateu bonito para o gol, mas parou na boa defesa de Cássio, que evitou a bola na rede.

Sem grandes emoções nos minutos finais, o confronto terminou realmente empatado sem gols.

Análise do Bahia na partida

Extrair algo de positivo desta partida de hoje foi algo impossível. Uma das piores atuações do Bahia no campeonato até agora ao lado da derrota para o Internacional. O Tricolor passivamente em todos os 90 minutos, escapou por pouco de ser derrotado por esse fraco time do Corinthians. No segundo tempo, a postura acorvadada e recuada esteve perto de cobrar um preço caro para o Tricolor com a derrota.

Não era novidade que esse time do Bahia não tem muito o que apresentar. Triunfos podem até iludir em um primeiro momento, mas o desempenho abaixo sempre acaba falando mais alto nas partidas. De todos os jogos que o Bahia jogou em Pituaçu, em nenhum teve uma atuação de empolgar e encher os olhos do torcedor. Não atoa venceu apenas um desses três jogos.

O que se torna preocupante é o fato de o Bahia não apresentar qualquer tipo de evolução. A cada partida que passa, a impressão é que o time só piora. Hoje fez mais uma daqueles jogos para se esquecer. Isso não pode se tornar recorrente, o time precisa melhorar o desempenho pra ontem.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Baiano Fe Lira lança álbum autoral

Disco é inspirado em experiências pessoais do cantor e compositor e chega às plataformas digitais próximo dia 6 de agosto

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!