EUA testam míssil intercontinental em meio a tensões com a China em Taiwan

Militares, no entanto, negam qualquer intenção de "demonstrar força"

[ EUA testam míssil intercontinental em meio a tensões com a China em Taiwan]

FOTO: Reprodução/Redes Sociais

A Força Aérea dos Estados Unidos realizou o lançamento-teste de um míssil balístico intercontinental Minuteman III, com capacidade nuclear, nesta terça-feira (16). O míssil foi disparado da base da Força Aérea em Vandenberg, na Califórnia, às 00h49 (4h49 em Brasília), e viajou cerca de 6.800 km até atingir o atol de Kwajalein, nas Ilhas Marshall.

A ação foi realizada semanas após o Pentágono adiar um lançamento-teste que já estava agendado, em meio a escalada militar da China em Taiwan. De acordo com o comunicado divulgado pelos militares, o lançamento foi realizado para "demonstrar a prontidão das forças nucleares dos EUA e prover segurança sobre a letalidade e efetividade da dissuasão nuclear da nação".

O texto, no entanto, nega qualquer intenção de "demonstrar força" diante da movimentação militar chinesa em Taiwan. "Este lançamento-teste faz parte de atividades rotineiras e periódicas destinadas a demonstrar que a dissuasão nuclear dos Estados Unidos é segura, confiável e eficaz para deter as ameaças do século 21 e tranquilizar nossos aliados. Tais testes ocorreram mais de 300 vezes antes, e este teste não é o resultado de eventos mundiais atuais", diz a nota.


Comentários