Geddel pede prisão domiciliar ao STF após contrair Covid-19

No pedido, os advogados alegaram que Geddel faz parte do grupo de risco por ser idoso, ter hipertensão e histórico de obesidade

[Geddel pede prisão domiciliar ao STF após contrair Covid-19]

FOTO: Reprodução

A defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB) entrou com pedido de prisão domiciliar no Supremo Tribunal Federal (STF), por ele ter testado positivo para a Covid-19 nesta semana. O pedido foi encaminhado ao presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, por causa do recesso do Judiciário que se estende até agosto.

No pedido, os advogados alegaram que Geddel faz parte do grupo de risco por ser idoso, ter hipertensão e 'histórico de obesidade, além de terem alegado que o presídio tem sofrido com a falta de água, o que dificulta o cumprimento das normas sanitárias para os cuidados com o novo coronavírus.

No começo da pandemia, a defesa de Geddel já havia solicitado a prisão domiciliar, que foi negado por Edson Fachin, relator da ação penal dos R$ 51 milhões encontrados em um apartamento de Salvador em 2017.

Geddel foi condenado a 14 anos e dez meses de prisão e cumpre pena, atualmente, no Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador.
 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Oficina gratuita de Escrita Criativa segue com inscrições abertas até hoje (03)]

Com aulas presenciais entre os dias 11 e 14 de março, a atividade será ministrada pelo crítico de cinema Rafael Carvalho

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!