MPF em Sergipe entra com ação para adiamento do concurso da PF em todo o Brasil

Órgão cita agravamento da pandemia e superlotação em hospitais

[MPF em Sergipe entra com ação para adiamento do concurso da PF em todo o Brasil]

FOTO: Agência Brasil

O Ministério Público Federal (MPF), em Sergipe, entrou com uma ação na Justiça para o adiamento do concurso da Polícia Federal marcado para este domingo (23), em todo o país.

O MPF argumenta a medida em razão do agravamento da pandemia no Brasil e da superlotação dos hospitais em alguns estados.

“Potencialmente, dada a grande quantidade de inscritos, há grande probabilidade de aglomerações, expondo candidatos ao risco de contaminação, bem como ocasionando um alastramento em larga escala do vírus, colapsando o já combalido sistema de saúde”, disse o órgão em um trecho da ação.

Na ação, o MPF também pede que os exames sejam realizados até que "haja condições sanitárias adequadas para a realização, incluindo a estrutura suficiente e necessária na rede de saúde, pública e privada, para atendimentos, de maneira adequada, dos casos de covid-19". 

Ao todo, 321.014 estão inscritos para fazer a prova, destinada para os cargos de delegado, agente, escrivão e papiloscopista.


Comentários