Perdendo poder cara pálida?

[Perdendo poder cara pálida?]

FOTO: José Cruz/Agência Brasil

O cacique do MDB, Geddel Vieira Lima anda com pouca paciência para o lado do PT. Quem conhece o "bunito" de perto, diz que o Vieira Lima não aguenta mais tanta enrolação para o partido tornar público o apoio ao nome de Geraldo Júnior, assim como a insistência da legenda vermelha para que o MDB retire candidatura em outros municípios, como Vitória da Conquista. Apostando alto no deputado Waldenor Pereira para -  redundantemente - " conquistar o executivo de Conquista", o partido tem como barreira as pesquisas internas, que demonstram o pouco crescimento na cidade.

Provocador, Geddel fez questão de dizer em suas redes sociais que a candidata do MDB, Lúcia Rocha, tem tido bom desempenho nos estudos internos e será a cabeça de chapa no município. O mesmo vale para Feira de Santana. O cacique pontuou o encontro recente com o ex-prefeito José Ronaldo e prometeu novas conversas. Zé Ronaldo é do União Brasil, partido que o MDB rompeu as pressas em 2020 para apoiar Jerônimo Rodrigues. Já Feira de Santana é um antigo sonho do PT e do deputado federal Zé Neto, que pela primeira vez tem chances reais de sentar na cadeira. Isso, claro, se o PT ceder a vez para o MDB em Salvador. Caso contrário basta lembrar a rasteira que ACM Neto levou ao não atender os caprichos dos irmãos Vieira Lima.... E até hoje não levantou!!

Vamos acompanhar.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Lei que reestrutura carreira de professor indígena é sancionada na Bahia ]

A regulamentação foi publicada na edição do Diário Oficial desta quarta (24)

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!