Quase 11 milhões de jovens estão em situação de extrema pobreza no Brasil

Segundo o levantamento da Abrinq, crianças e adolescentes nesta situação vivem com 11 reais por dia

[Quase 11 milhões de jovens estão em situação de extrema pobreza no Brasil]

FOTO: Reprodução/Agência Brasil

A Fundação Abrinq revelou, através de um levantamento, que cerca de 11 milhões de crianças e adolescentes no Brasil estão em situação de extrema pobreza. Como mostra a edição de 2023 do Cenário da Infância e Adolescência no Brasil, que compila dados de 2021, jovens entre 0 e 14 anos nesta situação vivem com 11 reais por dia. 

Esse montante representa uma elevação expressiva de 38% na comparação com 2020, quando eram 7,7 milhões de crianças e adolescentes.

Em entrevista à CNN Rádio, o gerente executivo da Abrinq Victor Graça disse que a fundação lança a publicação há 10 anos, com base em dados públicos do IBGE e da Pnad, por exemplo. “As causas para o aumento significativo na pobreza passam pelo desemprego, que afeta diretamente as crianças, viver com 11 reais ao dia é praticamente impossível.”

Ainda de acordo com ele, a pandemia de Covid-19 trouxe um “impacto imenso” na mortalidade materna, que apresentou alta de quase 100% entre 2019 e 2021. Apesar disso, Graça acredita que a solução existe. “A gente tem a transferência de renda, aumento da atividade econômica e emprego, que ajudam na saída da pobreza”, disse.

Enquanto isso, o gerente executivo defende a necessidade de “políticas públicas para mitigar a pobreza e desnutrição infantil.”


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Lei que reestrutura carreira de professor indígena é sancionada na Bahia ]

A regulamentação foi publicada na edição do Diário Oficial desta quarta (24)

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!