Três meses após ordem de Moraes, nome de Oswaldo Eustáquio segue fora da lista da Interpol

Militante é investigado nos inquéritos das fake news e das milícias digitais

[Três meses após ordem de Moraes, nome de Oswaldo Eustáquio segue fora da lista da Interpol]

FOTO: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

A Polícia Federal afirmou ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que ainda não conseguiu incluir o nome do militante Oswaldo Eustáquio, que está foragido de um mandado de prisão, na lista vermelha da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol). O documento foi enviado a Moraes em setembro e até esta quarta-feira (6) ele segue fora da lista internacional de pessoas procuradas pela Justiça. As informações são da coluna Guilherme Amado, do Metrópoles.  

Em 18 de setembro, o coordenador-geral de Cooperação Policial Internacional da PF, Fábio Mertens, afirmou ao ministro que, apesar da decisão de Moraes em junho e de um reforço desse pedido, a Interpol ainda não havia feito a inserção do nome de Eustáquio na lista vermelha. O militante é investigado nos inquéritos das fake news e das milícias digitais.

O representante da Polícia Federal também disse que a corporação tem feito “diversas e intensas” ações para localizar Eustáquio, que desde dezembro está foragido de uma ordem de prisão determinada por Alexandre de Moraes. Em seguida, o delegado da PF ressaltou que a Interpol não faz inserções de difusão vermelha contra pessoas que pediram refúgio ou asilo político a outros países.

Eustáquio solicitou refúgio ao Paraguai em janeiro e ganhou o direito de permanecer provisoriamente no país, até a decisão final sobre o caso. E é por esse motivo que a Polícia Federal não conseguiu prendê-lo em uma operação em março. 

Enquanto a Interpol não faz a inclusão, Moraes tem feito uma ofensiva contra as contas bancárias da filha de 15 anos de Eustáquio, depois que o militante pediu, nas redes sociais, doações em nome da jovem para driblar bloqueios impostos pelo ministro aos seus recursos. Moraes mandou bloquear ao menos duas contas bancárias da jovem, que, nessa terça-feira (5), criticou Moraes, criou mais uma conta e seguiu pedindo doações à família.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Oficina gratuita de Escrita Criativa segue com inscrições abertas até hoje (03)]

Com aulas presenciais entre os dias 11 e 14 de março, a atividade será ministrada pelo crítico de cinema Rafael Carvalho

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!