Estudo capta possíveis expressões faciais em fetos a partir do gosto de determinados alimentos

Pesquisa ofereceu cápsula de cenoura e couve a grávidas na Inglaterra; ultrassom mostra reação dos fetos

[Estudo capta possíveis expressões faciais em fetos a partir do gosto de determinados alimentos]

FOTO: Reprodução/Unicamp

Um estudo desenvolvido na Inglaterra e publicado na na revista Psychological Science sugere que fetos podem alterar a expressão faciais a depender do alimentar ao qual sejam expostos. A pesquisa analisou os fetos saudáveis de 100 mulheres com idades entre 18 e 40 anos que estavam entre 32 e 36 semanas de gravidez.

A partir disso, 35 mulheres foram colocadas em um grupo experimental que consumiu uma cápsula de couve orgânica, 35 foram colocadas em um grupo que tomou uma cápsula de cenoura e 30 foram colocadas em um grupo controle que não foi exposto a nenhum dos sabores.

Expressões que sugeriam um sorriso foram identificadas muito mais facilmente no grupo da cenoura, enquanto movimentos como levantar o lábio superior e abaixar o lábio inferior, indicativo de choro, foi muito mais comum no grupo da couve.

Os pesquisadores agora iniciaram um estudo de acompanhamento com os mesmos bebês após o nascimento para ver se os sabores que experimentaram no útero afetam sua aceitação de diferentes alimentos durante a infância, de acordo com o comunicado.


Comentários